ALGUMAS DÚVIDAS RESPONDIDAS, NOVIDADES E COMPRAS NOS ESTADOS UNIDOS

Olá pessoal! Desculpem por eu estar tão ausente, mas tenho bastante coisa para contar! Hoje vou responder algumas dúvidas que tive nos comentários e vou contar para vocês como foi a minha ida aos Estados Unidos (já passei por lá duas vezes). Perguntaram se com todos os trabalhos, provas e testes que eles nos dão, se nós temos tempo pra sair e se divertir. Bom, estamos no Brasil, onde temos umas oito matérias por semestre. Aqui o máximo são cinco matérias. Pra quem lida com isso no Brasil, consegue lidar com isso aqui. Vamos lá, todo mundo tem o seu jeitinho brasileiro! Curso de inglês é chato às vezes, mas dá pra levar. Não é um bicho de sete cabeças. O mais chatinho é escrever redações, pois temos que fazer pesquisas e tudo mais, mas nada que tome o seu dia inteiro. Todo mundo sai aqui. Nas quintas às vezes não temos aula, o povo sai até na quarta! O único problema é que bebida é um pouco caro aqui, então é bom pegar leve! Outra pergunta foi sobre o que fazemos aqui nos finais de semana e no tempo livre. Fazemos o que normalmente faríamos aí! Primeiramente, London é tida como a cidade festeira aqui do Canadá, então não falta coisa pra fazer aqui. Também vamos às compras, ou ficamos ‘morgando’ em casa (coisa que eu mais faço). 

Vamos às novidades: Ir para os Estados Unidos. Quinze dias atrás eu fui pra lá, de ônibus. Na fronteira me fizeram milhões de perguntas e pediram até o endereço de onde eu ia ficar. A primeira coisa que eles perguntam é o porque você está indo. É um tal de senta, levanta, volta a sentar, tira digitais, tira foto, muito cansativo. Eles revistam a mala, vendo tudo o que tem dentro. Uns são mais amigáveis que outros. Lá tive que pagar US$6 para pegar a meu visto de passagem que tem validade de seis meses. Enquanto eu estiver com este papel (fica grampeado no passaporte), posso ir pra lá sem pagar e sem passar por todas as perguntas chatas novamente. Mas enquanto eu estiver com ele, para o sistema deles eu ainda estou nos EUA, então tenho que entregar esse papel antes do prazo para não dar problemas. É chato passar pela fronteira, mas não é impossível. Passei por Detroit e fiquei numa cidade vizinha. Outra coisa, ônibus aqui é muito precário. Como ter carro aqui sai muito barato para eles, ônibus é só a última opção. Entretanto, existem umas promoções loucas. A passagem para Detroit ida e volta sai uns 70 dólares, mas comprei uma por DOIS, isso mesmo, DOIS dólares (ida e volta). Quanto antes você comprar, mais barato fica. Uma das principais empresas de ônibus aqui é a Greyhound, a única opção de London, e eles vendem as passagens sem contar o número de assentos disponíveis, e você não tem um lugar marcado, é aquela história de chegou, pegou. Então é bom chegar cedo e ficar na fila o quanto antes, para garantir seu lugar. Então, voltando à história de passar pela imigração, chegando lá o ônibus pára e você tem que tirar tudo que é seu, inclusive a bagagem. 

Para voltar ao Canadá: Fácil, eles só perguntam onde você mora, qual seu status, se você comprou alguma coisa, quanto tempo você ficou nos EUA e porque você tem que voltar para o Canadá. Menos de 5 minutos. Não revistam mala nem nada. Você não precisa nem tirar a mala do ônibus, apenas o que você está carregando na mão. Sobre o quanto você pode levar de produtos para o Canadá, aqui está o site: http://travel.gc.ca/returning/customs/duty-taxes . O motorista do ônibus vai esperar todos passarem pela imigração, não importa o quanto você demore, para ir embora. 

Compras no THANKSGIVING: Como vocês devem saber, o Dia de Ação de Graças nos EUA, que foi na última quinta feira (22/11), é o dia que entram as maravilhosas liquidações. Lá vou eu de novo para lá. Passando na imigração, foi mais fácil, mas perguntas ainda foram feitas. Revistaram a mala de novo. O mais engraçado é que a minha mala quebrou a rodinha e o oficial da imigração junto com o motorista do ônibus passaram alguns minutos consertando a mala, me senti o máximo. Então, na verdade, a liquidação é na Black Friday, um dia depois do thanksgiving. Entretanto, o lugar que eu fui abriu as nove horas da noite da quinta e ficou a madrugada toda aberto. Fui no maior shopping de outlets (lojas de fábrica) do estado de Michigan, cheguei lá umas 10 da noite e cheguei em casa às 7 da manhã. O lugar se chama Great Lakes (http://www.greatlakescrossingoutlets.com/) e fica em Auburn Hills, cidade onde eu fiquei, perto de Detroit. O lugar é enorme, com muitas lojas de todas as marcas imagináveis. Fiquei louca, descontos de 40, 50, 60 e até 75% de desconto. Dava vontade de levar tudo. É tanta coisa que a gente fica perdido. Vale muito a pena, para nós brasileiros que pagamos o olho da cara em tudo o que compramos no Brasil vir para cá fazer compras. Na sexta a tarde voltei lá de novo e comprei mais algumas coisas. O shopping estava lotado, mas não é um lugar insuportável de ficar. O que demora mais é para pagar, mas como você tira o dia apenas para fazer isso, você acaba nem ligando.

Para voltar ao Canadá, mesma coisa que disse anteriormente.

Esse último final de semana tive minha primeira experiência com neve. Na sexta-feira nevou bastante, mas não chegou a acumular muita neve no chão. Entretanto, domingo de manhã, quando acordei, tinha bastante neve. É… o frio está chegando! Aqui vai uma foto (Estados Unidos): 

O blog chegou a mais de 43 000 visitas! Eba!

Uma ótima semana a todos!!!

20 pensamentos sobre “ALGUMAS DÚVIDAS RESPONDIDAS, NOVIDADES E COMPRAS NOS ESTADOS UNIDOS

  1. Natalia, por acaso vc sabe quanto custaria o lugar q vc ta morando ai, se o cnpq nao pagasse?
    Queria mto mto ir pra mesma faculdade q vc e morar on campus, mas se for mto caro nem vai dar, agora q nao tem mais essa opçao inclusa no edital =/

    Mais uma vez, parabens pelo blog e mto obrigada pelas informaçoes!

  2. Olá, Natália!

    Pode tirar uma dúvida? No processo de seleção vc tirou uma nota no toefl/ielts satisfatória para a sua universidade em London? Ou vc tirou uma nota menor que o necessário e ganhou o curso para fazer o exame de proficiência novamente?

  3. Valeu pela resposta, natalia!

    Curti muito esse post sobre visitar os EUA. Se eu for para o Canadá algum dia eu irei fazer isso… mas tu consegue pagar essas viagens/deslocamento só com o valor da bolsa do CsF? Ou tu ta indo por conta própria?

    E a hospedagem nos EUA é muito cara?

  4. Natalia, desculpa te encher de perguntas, mas tenho mais uma dúvida. Morando on-campus vc pode receber visitas normalmente? Tipo, se sua familia fosse te visitar, ou seu namorado, eles poderiam ficar na sua casa sem nenhum problema?

  5. Oi Natalia. Me conta o que você levou pra tirar o visto americano? Carta de aceite da uni? carta do CNPq? Voce teve q levar algum comprovante de renda dos seus pais? Me fala tudo que você levou por favor! Vou tirar meu visto lá assim que chegar, vou dia 3 e to sem saber o que levar pro visto…

  6. Já acabou? que pena eu estava gostando taaaanto!
    Mostra pra gente as coisas que comprou (sou consumista) hahaha
    Conte-nos como está esse novo semestre🙂
    Bjim!

Comente ou deixe suas dúvidas

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s